Resenha Filme ''Ana e Vitória''

23.10.18



Amor verdadeiro. Sonhos. Expectativas. Ilusões. Decepções. Alegrias. E muita música. 

Assim é o filme ''Ana e Vitória'', lançado no mês de agosto, desse ano, em todo o país e atualmente disponível também na Netflix, baseado na história da dupla Anavitória

Com direção de Matheus Souza, o filme retrata não somente a história do duo, mas fala também da nova geração de jovens, intitulados como millennials. Sim, nós mesmos. A geração conectada. Que por vezes, damos mais importância ao celular, do que o olho no olho. 

Já no começo do filme, a cena que nos é mostrada é uma festa, onde todos estão em seus celulares, concentrados em fotos e conversas de pessoas que não estão presentes naquele mesmo lugar... 

O carisma envolvente que Ana e Vitória interpretam, desperta a atenção do público, que simpatiza com ambas e torcem pelo sucesso, mesmo sabendo que na vida real elas já são mesmo um verdadeiro sucesso! 


O filme fala dos sonhos, do quanto às vezes é difícil realizá-los, e que por vezes podemos até perder um pouco da nossa essência, mas que com persistência podemos dar um jeito em tudo, e não deixar o mundo nos mudar. 

As meninas mostraram que tentaram mudar elas, que tentaram mudar o modo como se vestiam, o tipo de maquiagem... Mas elas viram que o importante era o que elas queriam. E que não podiam deixar de ser elas. Que se o mundo gostasse delas assim, ótimo. Se não gostasse, talvez esse não fosse o melhor caminho a seguir. 


Além disso, é abordado um assunto comum aos jovens: a indecisão e descrença no amor. Por vezes, nos vemos sem saber qual rumo seguir. Qual faculdade fazer. Qual profissão seguir... As dúvidas, centenas de vezes, nos atormentam e nos deixam malucos, de tanto pensar sobre. Mas com o tempo, vamos vendo o que melhor se encaixa em nossa vida, o que temos maior afinidade, o que gostamos mais... E as incertezas finalmente vão diminuindo. 


Em relação ao amor, ah... Esse teve um grande desenrolar... 
Amor é um sentimento que deixa a gente feliz, que transborda, mas que por vezes, também nos faz sofrer. E sofrendo, voltam as dúvidas, se realmente achamos a pessoa certa, se realmente gostamos da presença dela, se as brigas podem ser relevadas ou não... 


Sem pudor e de um jeito leve e descontraído, vemos nossas protagonistas protagonizarem suas histórias de amor com pessoas diferentes, de sexos diferentes, até acharem aquela pessoa que realmente as faz bem, as faz completa, as faz sorrir de pensar. E aí vemos que nem sempre a pessoa que achamos ser a certa, de fato é. 


A abordagem às redes sociais também nos faz prestar atenção em como realmente somos. Analisamos perfis e marcamos encontros apenas olhando fotos. Terminamos relacionamentos via WhatsApp, publicamos vídeos e fotos na intenção de chamar atenção de determinada pessoa, e por aí vai... 


O filme é cativante e envolvente, e se você ainda não viu, tem disponível na Netflix! Sem desculpa pra não ver então né?

Vou deixar um trailer pra vocês verem: 



Já viu o filme? O que achou? E se ainda não viu, corre ver logo! ♥ 


4 comentários:

  1. Puxa que legal !!!
    Conheci seu blog através do CBBlogers e gostei bastante....visite meu blog tb
    http://rosararablog.blogspot.com/ beijinhosssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aaah, que demais!
      fico muito feliz com sua visita e que tenha gostado do meu cantinho! Vou conehcer o seu sim ♥

      Excluir

Sinta-se à vontade para comentar!
Críticas, sugestões e elogios são bem-vindos, pois ajudam a tornar o blog melhor para todos! ♥
Maiores informações entre em contato pelo e-mail contatoblogdup@gmail.com.
Muuuuitos beijos pra você e obrigada pela visita! ♥

DIÁRIO DE UM UNIVERSO PARALELO
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL